segunda-feira, dezembro 20, 2004

Pra quem curte Anne Rice!

Com qual Vampiro nas Crônicas Vampirescas você mais se parece?

You are Akasha!

Holy shit, you're Akasha! Deadly, beautiful, and
some would say psychotic. Stay away from me.
o_O!


Which Anne Rice vampire are you most like?
brought to you by Quizilla


Colado do Blog da Elwing! ;)

quarta-feira, dezembro 15, 2004

... ainda palavras


Escrever é voar em sonhos

É um truque com espelhos





Mais uma obra de Neil Gaiman. Como sempre, dispensa comentários.

Leia a resenha no Omelete!

segunda-feira, dezembro 13, 2004

Imagem é nada, palavra é tudo

Jamais se saberá o real valor de uma idéia ou opinião se a mesma não for exprimida.

As vezes, ou na maioria delas, podemos estar nos iludindo cegamente diante de uma idéia ou bancar o tolo defendendo uma posição equivocada tomada através de uma opinião nunca antes debatida.

Para crescermos, precisamos encarar nossos medos e expôr nossas fraquezas e dúvidas.

Só conseguimos derrotar aquilo que sabemos e admitimos existir.

Verdadeiro tolo é aquele que se omite.

sábado, dezembro 11, 2004

Wish I had an angel

Desejo...

Difícil pensar em algo que possua força maior para movimentar a vida.

Mais difícil ainda de se controlar quando esse sobrepõe a razão.

De onde vem o desejo?

Da alma?

Da carne?

De ambos...?

O quanto se pode desejar?

Escolhas...

Embora não sejam gêmeas, há uma linha tênue entre Desejo e Delírio.


quinta-feira, dezembro 02, 2004

Brave New World


Aficionado que sou por Ficção Científica, estou sempre a
imaginar o que o futuro nos reserva. Isso em termos gerais
e abrangentes como cultura, hábitos, religião, tecnologia
e tudo o mais que diga respeito a humanidade.

Um dos livros que mais me impressionou com suas narrativas
sobre um provável futuro foi "Admirável Mundo Novo" de
Aldous Huxley. É um livro difícil de se explicar. Até mesmo
de descrever. Há três coisas importantes sobre ele, a meu ver:

- Com os atuais avanços tecnológicos nas áreas de genética e
a grande polêmica dos trangênicos, é bem provável que Huxley
tenha descrito o nosso futuro. Um futuro onde a ciência
determinará se o indivíduo será um intelectual ou se terá
músculos de aço para o trabalho braçal, sendo que esse último
seria produzido em série, uma grande massa trabalhadora
de clones programados geneticamente para não questionar.

- Talvez esse seja o único livro bom do Huxley. Os demais que
tive o... bem... privilégio? Sei lá! Os demais livros são muito
cansativos.

- A última e mais importante. Reserve um bom lote de paciência
para o primeiro capítulo. Mas muita paciência mesmo. Ou
simplesmente ignore-o e siga para o segundo, pois é daí para
frente que é realmente importante e interessante.